suplementação a pasto

SUPLEMENTAÇÃO DE BOVINOS A PASTO, PORQUE SUPLEMENTAR? por Hermógenes Santana Júnior

 

A suplementação de bovinos é uma tecnologia descoberta na década de 50, e que ainda provocam dúvidas sobre sua aplicação. Suplementar é para grande produtor? Suplementar é fornecer concentrado? Quanto de proteína deve ter um suplemento? É viável? Todas essas e outras dúvidas são comuns ao produtor. Para iniciarmos esse entendimento, temos que entender o princípio desta tecnologia, pois Suplementar é complementar a dieta dos animais baseada no capim, ou seja, fornecer quantitativamente os nutrientes deficientes na sua pastagem para um determinado nível de produção.

A biotecnologia da suplementação de bovinos não surgiu de grandes produtores, muito menos da indústria, mas da busca por eficiência de pequenos produtores rurais que perceberam o estreitamento da margem de lucro em decorrência do fator diluição dos custos que ocorre com o grande produtor.

Seguindo, se algum produtor questionar:… Você sabe qual a composição do seu capim? Se não tem a resposta, com certeza não suplementa, fornece ingredientes concentrados no cocho, o que não apresentam os resultados esperados. Para formular um suplemento é necessário o entendimento das variações na composição do capim, podendo afirmar que, o suplemento formulado para uma fazenda, nunca servirá para outra fazenda, ou até mesmo dentro da mesma fazenda, se o capim ou características dos animais forem diferentes.

Os teores dos nutrientes no suplemento é fator de questionamentos, portanto ergue-se a afirmativa de não possuir relevância, pois a maior importância na suplementação é o quantitativo de nutrientes ingeridos diariamente pelo animal, destacando assim que, quase sempre, o suplemento mais barato é o que apresenta pior resultado, tendo em vista a diluição dos nutrientes. Pode-se ter um suplemento com 15% de proteína com necessidade de fornecermos 3 kg, o que é mais atrativo o suplemento com 45% PB com necessidade de apenas 1 kg/dia.

Sobre a viabilidade econômica pode-se afirmar que, desde que elaborada de forma técnica, a suplementação sempre será viável.

Percebe-se que o uso amador dos suplementos, distorcendo a resposta esperada, perdendo o foco desta biotecnologia que foi a busca por eficiência nos sistemas produtivos.

Dr. Hermógenes Santana Júnior será um dos palestrantes do Seminário on line Produção intensiva de bovinos de corte em pastagens a ser realizado entre os dias 25 a 27 de outubro na Plataforma VeteAgrogestão. Maiores informações: contato@comprerural.com  ou inscrições: https://comprerural.com/seminario-pastagens/?utm_source=comprerural&utm_medium=cpc&utm_campaign=Seminario

 

 

Fonte: Adaptado de Santana Júnior, H.A. Será que estão suplementando os bovinos, eis a questão!. InformativoZoo: notícias, cotações e tecnologias (Boletim técnico), v.1, p.2, 2017.