mosca1

 

 

A mosca dos estábulos é um dos ectoparasitos mais importantes para a produção animal, pois alem de possuir um papel importante como vetor de agentes patogênicos (bactérias, vírus, protozoários, fungos e riquétsias) as picadas dolorosas causam estresse aos animais levando á perda de peso e redução na produção de leite, ocasionando prejuízos aos produtores.

Os insetos carreiam os ovos da Dermatobia himinis (mosca do berne) que acometem os animais e acidentalmente o homem. As moscas dos estábulos atacam os animais e suas picadas são dolorosas, provocam grande estresse aos animais e por vezes podem causar feridas que se tornam porta de entrada para agentes patogênicos.

São insetos de difícil controle pois , além da matéria orgânica em decomposição, as larvas se desenvolvem em compostos úmidos, preferencialmente vegetais, como restos de ração, palha ou silagem misturados aos dejetos dos animas.

Para ter um efetivo controle, deve-se utilizar medidas químicas e não químicas ( controle estratégico e manejo integrado de pragas). Para um controle químico, deve-se utilizar inseticidas de uso profissional, na dosagem adequada e fazer a pulverização nos locais de maior incidência, ou seja, nas paredes dos estábulos, nos madeirames que cobrem os currais e demais locais onde os insetos pousam (cercas). Áreas próximas a armazenamento de rações, locais de armazenamento de esterco.

Para tanto a Theseo e a Farmácia na Fazenda apresentam um conjunto de soluções  como:

  • Uso de inseticidas a base de DDVP ou Piretróides e aplicar nos locais infestados ( baixas e médias infestações)
  • Altas infestações : DDVP + Inseticida de Ação Residual Deltametrina
  • Ambos os casos  aplicar em intervalos de 5 a 7 dias

Para maiores esclarecimentos, entrar em contato com higiene@farmacianafazenda.com.br . A Theseo oferece condições especiais para aquisição dos produtos.

Guilherme Vieira –

guilherme theseu - banners higiene roedores pecuaria leiteira 540x180